Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

Entenda: Diabetes tipo 2 e obesidade!

Entenda: Diabetes tipo 2 e obesidade!
A principal causa do diabetes tipo 2 é a obesidade. Tanto é que de 60% a 90% dos diabéticos tipo 2 são obesos.
A doença, em geral, atinge pessoas acima dos 40 anos. Nesse caso, a insulina continua a ser produzida, porém não atua no organismo. Por várias razões, ela não consegue entrar nas células musculares para queimar a glicose. Daí, o acúmulo de açúcar na corrente sanguínea.
Outro fator que fortalece a ideia de que a obesidade é a causa principal do diabetes tipo 2 é o fato de ser, atualmente, cada vez mais comum sua presença em criança e adolescentes acima do peso e sedentárias, ainda que nelas a produção de insulina continue normal.
Saiba mais: http://migre.me/dAgFr
(Fonte: Viva Saúde)
A principal causa do diabetes tipo 2 é a obesidade. Tanto é que de 60% a 90% dos diabéticos tipo 2 são obesos.

A doença, em geral, atinge pessoas acima dos 40 anos. Nesse caso, a insulina continua a ser produzida, porém não atua no organismo. Por várias razões, ela não consegue entrar nas células musculares para queimar a glicose. Daí, o acúmulo de açúcar na corrente sanguínea.

Outro fator que fortalece a ideia de que a obesidade é a causa principal do diabetes tipo 2 é o fato de ser, atualmente, cada vez mais comum sua presença em criança e adolescentes acima do peso e sedentárias, ainda que nelas a produção de insulina continue normal.


(Fonte: Viva Saúde)
 

Alimentos termogênicos!

Alimentos termogênicos!

Todas as atividades realizadas pelo corpo consomem energia. E isso inclui o processo digestivo, que pode ser usado a favor para emagrecer. No caso dos alimentos termogênicos, eles têm a capacidade de acelerar o metabolismo e aumentar a temperatura interna do corpo, o que facilita a queima de gordura.
Pimentões, pimenta vermelha, mostarda, gengibre, canela, linhaça, acelga, aspargos, couve, brócolis, laranja e kiwi estão entre a farta lista dos alimentos considerados termogênicos. Além destes, a cafeína, o guaraná, e o chá verde também, assim como as gorduras vegetais, gorduras de coco e produtos derivados do chocolate.
“A ingestão dos termogênicos em excesso pode gerar dores de cabeça, insônia, problemas digestivos, tonturas, entre outros malefícios. Pessoas com cardiopatias, hipertensão, enxaqueca, úlcera e alergias não devem abusar deles, pois podem levar ao aumento da pressão arterial, hipoglicemia, insônia, nervosismo e taquicardia”, reforça o gastroenterologista Dr. Almino Cardoso Ramos.
(Fonte: Gastro Obeso Center)
Todas as atividades realizadas pelo corpo consomem energia. E isso inclui o processo digestivo, que pode ser usado a favor para emagrecer. No caso dos alimentos termogênicos, eles têm a capacidade de acelerar o metabolismo e aumentar a temperatura interna do corpo, o que facilita a queima de gordura.

Pimentões, pimenta vermelha, mostarda, gengibre, canela, linhaça, acelga, aspargos, couve, brócolis, laranja e kiwi estão entre a farta lista dos alimentos considerados termogênicos. Além destes, a cafeína, o guaraná, e o chá verde também, assim como as gorduras vegetais, gorduras de coco e produtos derivados do chocolate.

“A ingestão dos termogênicos em excesso pode gerar dores de cabeça, insônia, problemas digestivos, tonturas, entre outros malefícios. Pessoas com cardiopatias, hipertensão, enxaqueca, úlcera e alergias não devem abusar deles, pois podem levar ao aumento da pressão arterial, hipoglicemia, insônia, nervosismo e taquicardia”, reforça o gastroenterologista Dr. Almino Cardoso Ramos.

(Fonte: Gastro Obeso Center)

Ressaca e obesidade: veja 4 razões para não beber refrigerante diet

Ressaca e obesidade: veja 4 razões para não beber refrigerante diet

Problemas renais
Refrigerante diet pode ser um perigo para os rins. Em um estudo de Harvard mostrou que o consumo excessivo de refrigerante diet pode dobrar o risco de problemas renais. A função renal começa a declinar quando ingerem mais de dois copos de refrigerante por dia. Vale ressaltar que o problema está associado aos adoçantes.
Metabolismo confuso
Segundo um estudo feito pela Universidade de Minnesota, o consumo de refrigerante diet também aumenta em 34% o risco de síndrome metabólica, o que inclui aumento de colesterol e problemas cardíacos.
Obesidade
Você leu certo: refrigerante diet não ajuda a perder peso. Um estudo realizado pela Universidade Health Science Center, do Texas, mostrou que, quanto mais uma pessoa consome esse tipo de bebida, maior o risco de aumentar seu peso. Apenas duas latas por dia podem aumentar significativamente a cintura porque os edulcorantes artificiais perturbam a capacidade natural do corpo de regular a ingestão de calorias com base na doçura dos alimentos. Isso significa que as pessoas que consomem alimentos dietéticos estão propensas a comer mais.
Ressaca
Coquetéis feitos com refrigerantes diet deixam as pessoas bêbadas com mais facilidade e rapidez, de acordo com um estudo do Hospital Royal Adelaide, na Austrália. Isso porque bebidas sem açúcar fazem com que o álcool entre na corrente sanguínea mais rápido que os demais, gerando uma ressaca forte no dia seguinte.
(Fonte: Terra)
Problemas renais
Refrigerante diet pode ser um perigo para os rins. Em um estudo de Harvard mostrou que o consumo excessivo de refrigerante diet pode dobrar o risco de problemas renais. A função renal começa a declinar quando ingerem mais de dois copos de refrigerante por dia. Vale ressaltar que o problema está associado aos adoçantes.

Metabolismo confuso
Segundo um estudo feito pela Universidade de Minnesota, o consumo de refrigerante diet também aumenta em 34% o risco de síndrome metabólica, o que inclui aumento de colesterol e problemas cardíacos.

Obesidade
Você leu certo: refrigerante diet não ajuda a perder peso. Um estudo realizado pela Universidade Health Science Center, do Texas, mostrou que, quanto mais uma pessoa consome esse tipo de bebida, maior o risco de aumentar seu peso. Apenas duas latas por dia podem aumentar significativamente a cintura porque os edulcorantes artificiais perturbam a capacidade natural do corpo de regular a ingestão de calorias com base na doçura dos alimentos. Isso significa que as pessoas que consomem alimentos dietéticos estão propensas a comer mais.

Ressaca
Coquetéis feitos com refrigerantes diet deixam as pessoas bêbadas com mais facilidade e rapidez, de acordo com um estudo do Hospital Royal Adelaide, na Austrália. Isso porque bebidas sem açúcar fazem com que o álcool entre na corrente sanguínea mais rápido que os demais, gerando uma ressaca forte no dia seguinte.

(Fonte: Terra)

EUA: Michelle Obama lança programa contra a obesidade infantil

EUA: Michelle Obama lança programa contra a obesidade infantil
A proposta da campanha é que as escolas dediquem pelo menos uma hora por dia para a prática de exercícios
Foto: AP
A primeira dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, levou sua campanha contra a obesidade infantil a um novo nível nesta quinta-feira, ao lançar um programa de US$ 150 milhões para estimular a atividade física nas escolas americanas. A campanha 'Escolas Ativas' se baseia na iniciativa 'Vamos nos exercitar!', da esposa do presidente Barack Obama e mãe de duas filhas, inaugurada há três anos durante o primeiro mandato do presidente.
"Apenas uma em cada três crianças pratica atividade física diariamente", disse Michelle Obama em Chicago, cidade de origem da família presidencial. "Isso não faz mal apenas para seus corpos, mas também faz mal para suas mentes, porque ser menos ativo realmente pode afetar o desempenho acadêmico das crianças", comentou.
Fundada por uma parceria público-privada, a campanha propõe que, no prazo de cinco anos, 50 mil escolas em todos os Estados Unidos dediquem ao menos uma hora por dia à educação física de suas crianças.
O sobrepeso é um problema de saúde pública de primeira ordem nos Estados Unidos, onde dois a cada três adultos - e uma a cada três crianças - são obesos ou têm sobrepeso, segundo as autoridades.
(Fonte: Terra)
A proposta da campanha é que as escolas dediquem pelo menos uma hora por dia para a prática de exercícios
Foto: AP

A primeira dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, levou sua campanha contra a obesidade infantil a um novo nível nesta quinta-feira, ao lançar um programa de US$ 150 milhões para estimular a atividade física nas escolas americanas. A campanha 'Escolas Ativas' se baseia na iniciativa 'Vamos nos exercitar!', da esposa do presidente Barack Obama e mãe de duas filhas, inaugurada há três anos durante o primeiro mandato do presidente.

"Apenas uma em cada três crianças pratica atividade física diariamente", disse Michelle Obama em Chicago, cidade de origem da família presidencial. "Isso não faz mal apenas para seus corpos, mas também faz mal para suas mentes, porque ser menos ativo realmente pode afetar o desempenho acadêmico das crianças", comentou.

Fundada por uma parceria público-privada, a campanha propõe que, no prazo de cinco anos, 50 mil escolas em todos os Estados Unidos dediquem ao menos uma hora por dia à educação física de suas crianças.

O sobrepeso é um problema de saúde pública de primeira ordem nos Estados Unidos, onde dois a cada três adultos - e uma a cada três crianças - são obesos ou têm sobrepeso, segundo as autoridades.

(Fonte: Terra)

Benefícios da maçã

Benefícios da maçã
A maçã é uma fruta repleta de nutrientes e o seu consumo traz benefícios para a saúde. Ela previne alguns tipos de câncer, ajuda a combater problemas cardíacos, controla o colesterol, evita problemas na voz e melhora a capacidade respiratória. Além do poderoso valor nutritivo que contribui com a qualidade de vida, a maçã também contribui com o emagrecimento.
De acordo com cientistas da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, a maçã é capaz de eliminar gorduras. O estudo indica que o seu consumo deve acontecer 15 minutos antes de cada refeição para reduzir até 200 calorias. A fruta é rica em fibras e pectina, duas substâncias que contribuem com a perda de peso e, consequentemente, diminuem os riscos de obesidade.
(Fonte: Portal Angels)
A maçã é uma fruta repleta de nutrientes e o seu consumo traz benefícios para a saúde. Ela previne alguns tipos de câncer, ajuda a combater problemas cardíacos, controla o colesterol, evita problemas na voz e melhora a capacidade respiratória. Além do poderoso valor nutritivo que contribui com a qualidade de vida, a maçã também contribui com o emagrecimento.

De acordo com cientistas da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, a maçã é capaz de eliminar gorduras. O estudo indica que o seu consumo deve acontecer 15 minutos antes de cada refeição para reduzir até 200 calorias. A fruta é rica em fibras e pectina, duas substâncias que contribuem com a perda de peso e, consequentemente, diminuem os riscos de obesidade.

(Fonte: Portal Angels)
Página 205 de 212

Destaque

banner

Video em Destaque

bem-estar

Corpo Clínico

dr-almino-aa

 

Dr. Almino Cardoso Ramos

Diretor Geral da Clínica Gastro Obeso Center

saiba


dr-manuela

 

Dra. Manoela Galvão Ramos

Diretora administrativa da Clínica Gastro Obeso Center

saiba


dr-galvao

 

Dr. Manoel Galvão Neto

Coordenador/ Chefe da Endoscopia Bariátrica Avançada da Clínica Gastro Obeso Center

saibamaismais


dr-thales

 

Dr. Thales Delmondes Galvão

Cirurgião da Clínica Gastro Obeso Center

saiba


dr-nestor-tadashi-bertin-suguitani-m

 

Dr. Nestor Tadashi Bertin

Cirurgião da Clínica Gastro Obeso Center

saiba 


dr-eduardo-bastos-m

 

Dr. Eduardo Bastos

Coordenador Científico da Clínica Gastro Obeso Center

saiba


dr-raphael-torres

 

Dr. Raphael Tôrres Figueirêdo de Lucena

Cirurgião da Clínica Gastro Obeso Center

saiba

 

Calcule seu IMC

Peso:
Kg
Altura:
m


IMC:

 

Newsletter GOC

Name:
Email: