Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

Estudo alerta para os perigos de cortar o glúten da alimentação

E-mail Imprimir PDF

SITE Estudo alerta para os perigos de cortar o glúten da alimentação

Um estudo da universidade de Illinois, em Chicago, alerta para os perigos de cortar o glúten da alimentação. Os pesquisadores descobriram que quem segue esse tipo de dieta está mais exposto a metais pesados, como o arsênico e o mercúrio. Eles acreditam que o problema está no principal substituto ao glúten – a farinha de arroz.

O glúten é uma proteína encontrada no trigo, na cevada e no centeio. Tudo o que é feito com farinha desses grãos contém glúten, como pães e massas. Nos Estados Unidos, existe uma febre contra o glúten – 25% dos americanos dizem que consomem produtos sem glúten, um aumento de quase 70% em dois anos.

Esse estudo -- que foi publicado na revista científica americana "epidemiology" -- alerta para os efeitos não intencionais de uma dieta sem glúten. A pesquisa usou uma base de dados de mais de sete mil pessoas nos Estados Unidos. Os pesquisadores analisaram os exames de urina e de sangue e concluíram que a concentração de arsênico na urina de quem não comia glúten era duas vezes maior do que na de quem comia. Os níveis de mercúrio inorgânico no sangue também eram bem mais altos.

É que o arroz absorve metais da água e do solo. Segundo a doutora Maria Argos, uma das autoras da pesquisa, as pessoas que seguem uma dieta livre de glúten tendem a aumentar o consumo diário de arroz ao comer o grão e também produtos sem glúten que contém farinha de arroz.

Segundo a pesquisa, ainda não se sabe ao certo os efeitos da exposição maior ao mercúrio e ao arsênico, mas acredita-se que eles podem aumentar os riscos de câncer e doenças crônicas.

(Fonte: Jornal Hoje)

 

Destaque

banner

Video em Destaque

bem-estar

Corpo Clínico

dr-almino-aa

 

Dr. Almino Cardoso Ramos

Diretor Geral da Clínica Gastro Obeso Center

saiba


dr-manuela

 

Dra. Manoela Galvão Ramos

Diretora administrativa da Clínica Gastro Obeso Center

saiba


dr-galvao

 

Dr. Manoel Galvão Neto

Coordenador/ Chefe da Endoscopia Bariátrica Avançada da Clínica Gastro Obeso Center

saibamaismais


dr-thales

 

Dr. Thales Delmondes Galvão

Cirurgião da Clínica Gastro Obeso Center

saiba


dr-nestor-tadashi-bertin-suguitani-m

 

Dr. Nestor Tadashi Bertin

Cirurgião da Clínica Gastro Obeso Center

saiba 


dr-eduardo-bastos-m

 

Dr. Eduardo Bastos

Coordenador Científico da Clínica Gastro Obeso Center

saiba


dr-raphael-torres

 

Dr. Raphael Tôrres Figueirêdo de Lucena

Cirurgião da Clínica Gastro Obeso Center

saiba

 

Calcule seu IMC

Peso:
Kg
Altura:
m


IMC:

 

Newsletter GOC

Name:
Email: