Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

Os 6 alimentos que estudos recentes apontam como essenciais na dieta

E-mail Imprimir PDF

kefir

Há algum tempo, alimentos como quinua, linhaça e chia, pouco conhecidos até então, passaram a frequentar a mesa de todos aqueles que buscavam saúde no prato, referendados por uma série de estudos. Mas o que dizem os últimos e confiáveis estudos a respeito dos alimentos que, de fato, fazem bem à saúde e que, portanto, precisam fazer parte de nossa dieta diária nos dias de hoje?

1. Açafrão. Também conhecido como cúrcuma, trata-se daquele conhecido tempero amarelo que compõe o curry (mix de especiarias). É rico em curcumina, substância eficaz no tratamento de doenças inflamatórias como artrites e tendinites. Ultimamente vem sendo apontado como potente arma na prevenção do câncer.

2. Banana verde. Um dos melhores alimentos para o intestino, graças ao amido que contém (encontrado na biomassa, obtido após o seu cozimento). Favorece a proliferação de bactérias benéficas e a absorção de nutrientes, além de ser uma barreira contra toxinas. Também é apontado como eficiente na prevenção do câncer de intestino e no combate da diarreia e da prisão de ventre.

3. Chocolate. Graças ao cacau, sua matéria-prima principal por excelência, esse alimento contém grandes quantidades de antioxidantes, como polifenóis e flavonoides, que combatem doenças e retardam os efeitos do envelhecimento. Já um estudo divulgado em 2015, no American Journal Clinical, importante publicação médica dos Estados Unidos, também mostrou que o chocolate é bom para o coração e para o metabolismo. Mas não se engane: não é todo chocolate que faz bem.

4. Kefir. É um probiótico produzido a partir da fermentação do leite, de aspecto semelhante ao iogurte. Potencializa o valor biológico da proteína do leite, diminui a intolerância à lactose, ativa o sistema imunológico, aumentando a resistência contra infecções e equilibra a flora intestinal. Também é um santo remédio na prevenção e no combate da prisão de ventre e da diarreia. Pode ser preparado em casa, a partir de qualquer tipo de leite. Basta adicionar os grãos de kefir nesse alimento, conservando-o adequadamente em uma temperatura que varia entre 18° e 30°. Em 24 horas você terá mais kefir, tornando o processo cíclico.

5. Sardinha. O mérito aqui vai para os ácidos graxos, tipo ômega 3, presente também no salmão, no atum, em nozes e na linhaça. Ajuda na redução do colesterol e da pressão sanguínea, além de auxiliar na elasticidade das artérias, diminuindo o risco de doenças cardíacas.

6. Abacate. Considerado vilão à saúde durante anos por ser muito calórico e conter um caminhão de gordura, esse alimento teve a sua redenção. Hoje se sabe que essa gordura é monoinsaturada, ou seja, benéfica para o coração. Estudos mais recentes mostram também que o abacate é rico em antioxidantes como a glutationa e as vitaminas C e E, que atuam na prevenção de câncer e do envelhecimento precoce.

(Fonte: Boa Forma/Adaptado)

 

Destaque

banner

Video em Destaque

bem-estar

Corpo Clínico

dr-almino-aa

 

Dr. Almino Cardoso Ramos

Diretor Geral da Clínica Gastro Obeso Center

saiba


dr-manuela

 

Dra. Manoela Galvão Ramos

Diretora administrativa da Clínica Gastro Obeso Center

saiba


dr-galvao

 

Dr. Manoel Galvão Neto

Coordenador/ Chefe da Endoscopia Bariátrica Avançada da Clínica Gastro Obeso Center

saibamaismais


dr-thales

 

Dr. Thales Delmondes Galvão

Cirurgião da Clínica Gastro Obeso Center

saiba


dr-nestor-tadashi-bertin-suguitani-m

 

Dr. Nestor Tadashi Bertin

Cirurgião da Clínica Gastro Obeso Center

saiba 


dr-eduardo-bastos-m

 

Dr. Eduardo Bastos

Coordenador Científico da Clínica Gastro Obeso Center

saiba


dr-raphael-torres

 

Dr. Raphael Tôrres Figueirêdo de Lucena

Cirurgião da Clínica Gastro Obeso Center

saiba

 

Calcule seu IMC

Peso:
Kg
Altura:
m


IMC:

 

Newsletter GOC

Name:
Email: