Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

Estudo: tanto faz cortar gordura ou carboidrato para emagrecer

E-mail Imprimir PDF

thinkstockphotos-657407420

O que é melhor para emagrecer: comer menos carboidrato ou gordura? Dá na mesma. É o que aponta um estudo da Faculdade de Medicina da Universidade Stanford, nos Estados Unidos.

“Todos nós já ouvimos histórias de um amigo que fez uma dieta e funcionou muito bem. Aí, outra pessoa tentou fazer a mesma dieta e não deu tão certo”, comenta o principal autor da pesquisa, Christopher Gardner, em nota à imprensa. “Isso acontece porque somos muito diferentes e estamos começando a entender os motivos de toda essa diversidade. Talvez, não deveríamos perguntar ‘qual é a melhor dieta?’, mas ‘qual a melhor dieta para cada um?’”.

Para entender melhor esse cenário, Christopher e sua equipe recrutaram 609 voluntários (metade homens e metade mulheres), todos com idades entre 18 e 50 anos. Os participantes foram aletoriamente divididos em dois grupos: um que seguiu uma dieta com pouco carboidrato e outro que reduziu a quantidade de gorduras ingeridas. Ambas as turmas foram instruídas a seguir seus respectivos modelos alimentares por um ano.

No início da investigação, os cientistas também analisaram a predisposição genética e metabólica dos indivíduos para responder a dietas. Os voluntários passaram por exames de DNA e de medição dos níveis de insulina.

Ao longo de 12 meses
Nas primeiras oito semanas da pesquisa, os participantes limitaram o consumo diário de carboidratos ou gorduras a apenas 20 gramas – o equivalente a 1½ fatia de pão integral ou um punhado generoso de oleaginosas.

A partir do segundo mês, homens e mulheres foram aumentando aos poucos a ingestão dos dois nutrientes até atingirem quantidades que conseguissem manter pelo resto de suas vidas. Ao final de um ano, os adeptos da low carb comiam, em média, 132 gramas de carboidratos por dia; já os seguidores de um menu com pouca gordura consumiam 57 gramas do macronutriente diariamente. Para ter ideia, antes da pesquisa, esses valores eram de 247 gramas de carbo e 87 gramas de gordura por dia.

E não foi só o tamanho do prato que mudou com o estudo – as escolhas alimentares dos participantes melhoraram muito. “Nós dissemos a todos que, independentemente de qual dieta estavam seguindo, eles deveriam ir a feiras livres e não a lojas que só vendem produtos processados”, conta Christopher.

Outra orientação dos estudiosos aos voluntários: comer em quantidades que não os deixassem com fome. “Caso contrário, fica difícil seguir uma dieta a longo prazo”, pondera.

Todo mundo na mesma
Depois de um ano, as duas turmas apresentaram a mesma média de perda de peso: -5,8 kg. Além disso, os autores constataram que a genética de cada um e os níveis de insulina não são determinantes no sucesso da dieta – ao contrário do que mostraram pesquisas anteriores.

“Esse estudo põe fim a algumas questões – mas cria outras”, avalia Christopher Gardner, que pretende continuar as investigações para entender quais fatores pesam, de fato, no processo de emagrecimento.

(Fonte: Boa Forma)

 

Destaque

banner

Video em Destaque

bem-estar

Corpo Clínico

dr-almino-aa

 

Dr. Almino Cardoso Ramos

Diretor Geral da Clínica Gastro Obeso Center

saiba


dr-manuela

 

Dra. Manoela Galvão Ramos

Diretora administrativa da Clínica Gastro Obeso Center

saiba


dr-galvao

 

Dr. Manoel Galvão Neto

Coordenador/ Chefe da Endoscopia Bariátrica Avançada da Clínica Gastro Obeso Center

saibamaismais


dr-thales

 

Dr. Thales Delmondes Galvão

Cirurgião da Clínica Gastro Obeso Center

saiba


dr-nestor-tadashi-bertin-suguitani-m

 

Dr. Nestor Tadashi Bertin

Cirurgião da Clínica Gastro Obeso Center

saiba 


dr-eduardo-bastos-m

 

Dr. Eduardo Bastos

Coordenador Científico da Clínica Gastro Obeso Center

saiba


dr-raphael-torres

 

Dr. Raphael Tôrres Figueirêdo de Lucena

Cirurgião da Clínica Gastro Obeso Center

saiba

 

Calcule seu IMC

Peso:
Kg
Altura:
m


IMC:

 

Newsletter GOC

Name:
Email: