Chocolate amargo pode reduzir sintomas de depressão

Além disso, fatores como altura, peso, estado civil, etnia, escolaridade, renda familiar, atividade física, tabagismo e problemas crônicos de saúde foram analisados para garantir que o estudo medisse apenas a relação do efeito com chocolate com a depressão.

Depressão e ansiedade
Após a análise de dados, os especialistas notaram que aqueles que comem chocolate amargo duas vezes ao dia (máximo 30 gramas ao dia), apresentaram 70% menos chances de relatar sintomas depressivos clinicamente relevantes.
sso acontece porque o chocolate é conhecido por ser rico em flavonóides, um antioxidante que favorece a produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar e que melhora o humor, reduzindo a sensação de ansiedade.

"Mais pesquisas são necessárias para esclarecer a direção da causalidade - pode ser que a depressão faça com que as pessoas percam o interesse em comer chocolate, ou pode haver outros fatores que tornam as pessoas menos propensas a comer chocolate amargo quanto estão deprimidas", informou a principal autora do estudo, Sarah Jackson.

(Fonte: Minha Vida)

Todas as postagens

    Fale Conosco

    R. Barata Ribeiro, 237 - conj. 101/102 - Bela Vista, São Paulo - SP, 01308-000, Brasil
    Tel.: 11 3211-1200 / 11 3125-1222