A Clínica

A Gastro Obeso Center – Centro Avançado de Gastroenterologia e Cirurgia da Obesidade, é uma instituição dedicada ao tratamento da obesidade e das doenças do aparelho digestivo. Fundada em 2002 pelo Drs. Almino Cardoso Ramos, Diretor Geral e pela Dra. Manoela Galvão Ramos, Diretora Administrativo-Financeira, dedica-se ao tratamento avançado da obesidade mórbida através de operações video-laparoscópicas. Já em outubro de 2005 o Centro atingiu a marca de 5 mil pacientes operados, desde 1999, quando Dr. Almino iniciou sua experiência em cirurgia bariátrica.

Hoje em dia, a Gastro Obeso Center é considerada como centro de referencia e excelência no Brasil e América Latina em termos de tratamento cirúrgico da obesidade, sendo procurado por pacientes não só de São Paulo como de outros estados, da América Latina, dos Estados Unidos, África e Europa.

A filosofia de atendimento privilegia a humanização, entendendo ser a obesidade uma doença de origem multifatorial, onde a cirurgia é parte e não o todo com relação ao seu tratamento. Desse modo, foi estabelecido um programa que, antes de ser assistencial, é educativo para os pacientes com relação às suas patologias e quais são as possibilidades de tratamento. Nesse sentido, criamos e mantemos integrada uma equipe multidisciplinar especificamente treinada e que atende diariamente no centro com conceitos de T.P.C. – “Total Patient Care” (Cuidados Totais aos Pacientes);  composta por cirurgiões, endocrinologistas, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas, endoscopistas, cirurgiões plásticos e  terapeutas corporais. Esses profissionais dedicam-se com empenho no tratamento e pesquisa da obesidade com destacada atuação na área assistencial e  científica.

O centro funciona em consultórios próprios preparados no design “Bariátrico” de modo a atender confortável e funcionalmente os pacientes com necessidades específicas como os portadores de obesidade mórbida, os quais requerem soluções específicas nos detalhes de atendimento, acomodação e equipamentos. Nos 350m2 de um moderno centro médico situado em localização privilegiada na cidade de São Paulo, no Edifício São Paulo Center, Rua Barata Ribeiro, 237 (lateral ao Hospital Sírio-Libanês) com acesso facilitado por carro (estacionamento no local com manobrista), ônibus (1-2 quadras dos pontos da Av. 9 de Julho) e metrô (10min de caminhada da estação Trianon-MASP). Foi planejado para ser um centro de referência no tratamento cirúrgico e multidisciplinar da obesidade.

News

A cirurgia bariátrica pode te proteger contra formas graves de Covid-19

Já foi exaustivamente publicado em revistas científicas e divulgado pela imprensa. A obesidade é fator de risco para o desenvolvimento de formas graves de Covid-19, que pode exigir internação hospitalar, necessidade de cuidados intensivos e uso de suporte ventilatório. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC) relatou que mais de 70% dos adultos americanos têm sobrepeso ou obesidade.

No Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre 2003 e 2019, a proporção de portadores de obesidade na população com 20 anos de idade ou mais do país mais que dobrou, passando de 12,2% para 26,8%. No período, a obesidade feminina passou de 14,5% para 30,2% e se manteve acima da masculina, que subiu de 9,6% para 22,8%. Já a proporção de pessoas com excesso de peso na população com 20 anos ou mais subiu de 43,3% para 61,7% nos mesmos 17 anos.

Entre os homens, foi de 43,3% para 60% e, entre as mulheres, de 43,2% para 63,3%. A obesidade, junto com suas doenças associadas como hipertensão e diabetes, são as causas mais comuns de doenças graves e óbitos causados por diversas doenças infecciosas virais, incluindo o coronavírus.

Qual a razão de tudo isso?

A obesidade é uma doença complexa causada por vários fatores que enfraquecem o sistema imunológico. A obesidade cria um estado inflamatório crônico que causa a produção excessiva de pequenas proteínas envolvidas na resposta imune, chamadas de citocinas. A inflamação da obesidade se associa à da infecção viral, piorando o quadro.

Além disso, a obesidade por si só aumenta o risco de doenças cardiovasculares, hipertensão, diabetes, doenças renais e formação de coágulos sanguíneos.

Essas condições podem levar a resultados ruins após uma infecção pelo SARS-CoV-2. A obesidade também pode afetar o sistema respiratório. Muitos pacientes com obesidade têm doenças pulmonares subjacentes, como apneia do sono e síndrome de hipoventilação da obesidade, que podem piorar os resultados da pneumonia por Covid-19.

E como a cirurgia bariátrica pode influenciar os resultados?

Mesmo com o progresso no desenvolvimento de drogas para o tratamento da obesidade, a cirurgia bariátrica ainda é a forma de tratamento que produz maior perda ponderal que se sustenta a longo prazo. Um estudo sueco, publicado recentemente, comprovou que em cerca de 26 anos de acompanhamento, os pacientes ainda mantêm perda de peso significante.

Já existem alguns estudos que mostram como a cirurgia pode influenciar positivamente os desfechos do Covid-19.

Um estudo europeu publicado na revista Obesity Surgery em janeiro de 2021, analisou 353 pacientes submetidos a cirurgia bariátrica e 169 pacientes com obesidade e candidatos a cirurgia, todos com o diagnóstico de Covid-19. Os pacientes não operados foram internados oito vezes mais e necessitaram suporte ventilatório em 60% das vezes, contra nenhum do grupo cirúrgico.

Outra publicação, também de janeiro deste ano, na revista da Sociedade Americana de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, observou 363 pacientes com teste positivo para SARS-CoV-2.Os pesquisadores identificaram 33 pacientes com história prévia de cirurgia para perda de peso. Os pacientes cirúrgicos foram cuidadosamente pareados com 330 pacientes não cirúrgicos com um índice de massa corpórea de 40 ou acima, no momento do teste de SARS-CoV-2.

Este estudo mostrou que a perda de peso sustentada e a melhora do diabetes e da hipertensão no grupo de cirurgia bariátrica antes de contrair COVID-19 estava associada a uma taxa muito mais baixa de internação hospitalar e na Unidade de Terapia Intensiva(UTI). Cerca 18% dos pacientes operados contra 40% dos pacientes com obesidade e não operados necessitaram de hospitalização.

Além disso, 13% dos pacientes do grupo controle necessitaram de internação na UTI, 7% necessitaram de ventilação mecânica e 2,4% foram a óbito. Nada disso ocorreu com os pacientes submetidos a cirurgia bariátrica.

Os pacientes operados, além do controle do estado inflamatório já nas primeiras semanas de pós-operatório, têm controle de suas doenças associadas como o diabetes e hipertensão. Eles tornam-se significativamente mais saudáveis e podem lutar melhor contra o vírus.

Não existe ainda tratamento eficaz para a Covid-19, mas existem provas cientificas de alto impacto e irrefutáveis para o tratamento da obesidade, pandemia do século. Se confirmado por estudos futuros, isso pode ser adicionado à longa lista de benefícios à saúde da cirurgia bariátrica, como melhora do diabetes, hipertensão, doença hepática gordurosa, apneia do sono e prevenção de ataque cardíaco, derrame, doença renal e morte.

(Fonte: Veja)
Leia mais

Crepioca de Pizza

Outra sexta-feira chegou e com ela o nosso dia favorito, o #DiaDeReceita, nessa sexta pré Dia das Mães, a nossa nutricionista Ariane Longo deixou uma bela pedida, uma Crepioca de Pizza, excelente pro seu lanche da tarde. É uma delícia. Experimentem daí.

Crepioca de pizza

INGREDIENTES

4 colheres de sopa de tapioca
½ colher de chá de fermento
1 ovo, sal rosa a gosto
queijo mussarela
peito de peru
molho de tomate
manjericão a gosto

MODO DE PREPARO

Misture a tapioca, ovo, sal. Aqueça uma frigideira anti aderente e adicione a massa para cobrir toda a frigideira, tampe e deixe cozinhar em fogo baixo até ficar firme. Desligue o fogo e passe o molho de tomate, peito de peru  picado , mussarela e o manjericão, tampe a  frigideira e leve novamente em fogo baixo
Leia mais
Ver todas

Calcule seu IMC

Digite o seu peso e a sua altura no formulário abaixo para calcular o seu IMC.
Resultado
Calcular

Vídeos

Veja mais

Fale Conosco

R. Barata Ribeiro, 237 - conj. 101/102 - Bela Vista, São Paulo - SP, 01308-000, Brasil
Tel.: 11 3211-1200 / 11 3125-1222